Obrigada a todos que Segue este Blog

OBRIGADA POR SEGUIR O MEU BLOG

terça-feira, 23 de outubro de 2012



"NÓS NÃO NOS SENTIMOS LIVRES, MESMO DENTRO DA NOSSA CASA"

Uma mãe de 32 anos de idade mora em uma cidade do Iraque, onde ela, o marido e os dois filhos são, praticamente, a última família cristã da região. Por razões de segurança e, de acordo com o desejo dos envolvidos, seus nomes e o nome da cidade não serão mencionados. Abaixo, conheça a história de vida desses irmãos, fortaleça sua fé e engaje-se na intercessão em favor dos cristãos perseguidos.



 muslim women iraq.jpg

Quando o colaborador da Portas Abertas a encontrou no Curdistão, a mulher compartilhou um pouco de sua história. Ela estava muito feliz em falar com alguém em quem pudesse confiar. Onde moram, ela e sua família se sentem muito isolados dos demais cristãos. Há uma necessidade latente de falarem com alguém, expressarem seus sentimentos. Esta senhora trabalha em uma grande instituição educacional em que todos os seus colegas são muçulmanos. Ela é a única cristã no lugar, portanto, tem que cobrir seu cabelo com um véu e usar roupas conservadoras, com mangas compridas, e saia longa.

"Eu ainda mantenho meu emprego por causa desse véu", disse ela. "Eles acreditam que eu sou muçulmana, por isso mudaram meu contrato de temporário para permanente." Um dia seu chefe descobriu que, na realidade, ela é cristã, porque ela pediu licença para o Natal. Ele disse aos outros funcionários: "Por que eu não sabia disso?" Mas, felizmente, isso a ajudou a permanecer em seu trabalho. Se ele soubesse antes, esse fator a teria prejudicado.


"Eu não tenho vida social aqui", disse ela. "Meus dias são divididos entre o trabalho e minha casa. Nós, como família, não nos sentimos livres, mesmo dentro da nossa casa. Por exemplo, sempre que escutamos músicas cristãs na TV, temos que manter o volume bem baixo, com medo dos vizinhos ao nosso redor."

Seu filho de oito anos sofre na escola por ser cristão e, inclusive, já foi gravemente agredido. "Isso aconteceu quando um estudante muçulmano pediu que seu primo batesse nele, ameaçando: ‘Nós não queremos cristãos em nossa escola’. Além disso, apesar de ser um dos melhores alunos de sua turma, a escola não publica sua imagem ao lado dos demais estudantes de destaque”, contou. 

A mãe também comentou sobre a obrigatoriedade de aulas islâmicas na escola. O professor afirmou que seu filho deveria participar das lições, embora soubesse que ele é cristão. "Eu pedi ao professor para que dispensasse meu filho da classe, porque ele não deveria ser obrigado a ter essa aula. Alertei meu menino para que não discutisse religião lá, já que ele é ainda uma criança. Nós estamos com medo que ele diga algo que nos cause mais problemas."

O pai da família não se sente feliz com tudo o que eles têm de passar ali. "Ele quer ficar longe desta cidade o mais rápido possível. Nós tentamos conversar com algumas pessoas para nos ajudar, mas ninguém nos apoiou. Meu marido foi a uma cidade perigosa, pedir na universidade se poderiam empregá-lo lá”. Segundo a mulher, o pai alegou que precisava de ajuda porque a família poderia ser morta se permanecesse onde estão.  O responsável, que é muçulmano respondeu de maneira indiferente: “Não!"

O casal está muito decepcionado. "Nós só queríamos ir embora, nosso desejo era que nossa filha de três anos crescesse aqui. Porém, não é seguro e nós não podemos deixar nossos filhos vivendo neste ambiente hostil”, disse a mulher.

A conversa se deu em um grande encontro de cristãos organizado com a ajuda da Portas Abertas. "Estamos muito felizes em participar. Nossos filhos estão passando por bons momentos aqui, misturando-se com outras crianças cristãs e fazendo atividades juntos. Eles choram todas as vezes que precisamos ir embora ou quando as atividades terminam. Eles têm medo de que os levemos de volta para a cidade, onde eles não podem brincar, nem se misturar com os outros”.

"É muito bom estar com outros cristãos", concluiu a mãe. "Nós precisamos disso. É maravilhoso termos a liberdade para orar e cantar alto a Deus, junto com tantos outros irmãos. É uma benção!", comemorou.
Fonte: Portas Abertas Internacional
Tradução; Ana Luíza Vastag

Fonte: http://www.portasabertas.org.br/

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

PAQUISTANESA RECEBEM AMEAÇAS DO TALEBAN


JORNALISTAS QUE CONDENARAM ATAQUE A PAQUISTANESA RECEBEM AMEAÇAS DO TALEBAN

Agência nacional de inteligência afirma que grupo extremista planeja atentado contra jornais e revistas em várias cidades do Paquistão

A Associação de Jornais Impressos do Paquistão condenou, nesta quarta-feira, as ameaças que jornalistas do país estão recebendo do Taleban após a cobertura crítica da imprensa local sobre o atentado contra Malala Yousufzai, uma ativista de 14 anos que lutava pelos direitos das mulheres de frequentarem a escola.

Segundo o grupo que representa os principais veículos de imprensa do Paquistão, a intimidação realizada por militantes do Taleban estabelecidos no país representa uma tentativa de acabar com a liberdade de expressão.

Mulheres mostram fotos de Malala durante protesto em Lahore (arquivo)

Autoridades da agência paquistanesa de inteligência revelaram ter inteceptado uma ligação telefônica de Hakeemullah Mehsud, líder do braço do Taleban no país, na qual ordenava um militante a atacar representações de jornais e revistas em cidades como Lahore, Karachi, Rawalpindi e na capital Islamabad.
Leia mais: 


De acordo com outra organização de jornalistas do Paquistão, líderes islâmicos que condenaram o ataque a Malala Yousufzai também foram ameaçados.
Atentado

A menina Malala Yousafzai, de 14 anos, que mantém campanhas pelo direito à educação de garotas e foi baleada na cabeça por militantes do Taleban na semana passada, não será poupada caso sobreviva, disse um porta-voz do grupo extremista.
Em entrevista à BBC Urdu, a seção paquistanesa do Serviço Mundial da BBC, Ehsanullah Ehsan, porta-voz do Taleban, reiterou as ameaças à vida da menina e disse que ela foi alvo do ataque por "promover o secularismo".
"É uma regra muito clara da Sharia [a lei islâmica] que qualquer mulher, que por qualquer meio tenha um papel na guerra contra os mujahedins [termo pelo qual os militantes são conhecidos], deveria ser morta", disse Ehsan.
Com BBC



sábado, 20 de outubro de 2012

ATACADA POR TALIBÃS....


MENINA PAQUISTANESA ATACADA POR TALIBÃS JÁ FICA DE PÉ, DIZEM MÉDICOS

Malala Yousufzai foi baleada por denunciar em blog violência do grupo.

Adolescente está se comunicando com algumas notas por escrito.



Malala Yousufzai, a jovem paquistanesa baleada na cabeça pelo grupo talibã, conseguiu ficar de pé com a ajuda da equipe médica pela primeira vez desde o atentado, informaram nesta sexta-feira os médicos responsáveis por seu tratamento em um hospital britânico.

Ela também está se comunicando com algumas notas por escrito, explicou o doutor Dave Rosser, diretor-médico do Hospital Queen Elizabeth, em Birmingham, no centro da Inglaterra, para onde a adolescente foi transferida na segunda-feira (15).


A jovem paquistanesa Malala Yousufzai em foto divulgada nesta sexta-feira (19) pelo hospital Queen Elizabeth, em Birmingham (Foto: AFP)
A jovem paquistanesa Malala Yousufzai em foto divulgada nesta sexta-feira (19) pelo hospital Queen Elizabeth, em Birmingham (Foto: AFP)




Meninas de escola em Lahore, Paquistão, rezam nesta sexta-feira (19) pela recuperação de Malala (Foto: AP)


Meninas de escola em Lahore, Paquistão, rezam nesta sexta-feira (19) pela recuperação de Malala (Foto: Reuters)




Foto sem data de Malala Yousafzai (Foto: Reuters)


Foto sem data de Malala Yousafzai (Foto: Reuters)

Ela foi baleada em um ônibus escolar no antigo reduto talibã do vale do Swat na última semana como punição por defender os direitos das mulheres à educação, em um ataque que revoltou o mundo.

"O estado de Malala Yousufzai nesta manhã é confortável e estável", informou o hospital em um comunicado.
"A família de Malala permanece no Paquistão neste momento", acrescentou.

A rede de televisão ITV informou que o hospital estava tentando fazer com que ela ouça a voz de seu pai pelo telefone, embora ainda não consiga falar.

"Sabemos que houve algum dano em seu cérebro, certamente não físico, não houve déficit em termos de função", disse citando um porta-voz.

Uma porta-voz do hospital informou que Malala tinha 15 anos, e não 14, como foi informado anteriormente.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

UMA ORAÇÃO PARA MALALA YUSUFZAI



 

É um absurdo que, em pleno século 21, as pessoas ainda insistem em viver na era das trevas, como se fossem autêntico personagens da Idade Média. Esse episódio envolvendo a adolescente paquistanesa de 14 anos, Malala Yusufzai é um escândalo, no mínimo revoltante, para não dizer ridículo. O tipo de coisa que faz a gente, às vezes, perder a cabeça e sair por ai cometendo alguma atrocidade. Por exemplo, sou a favor que países atrasados, selvagens desumanos e amorais diante dos direitos humanos sejam extirpados da face da Terra. E me referido a regiões como Paquistão, Afeganistão, Síria e tantos outros.
E a culpa, claro, não é da maioria da população, mas sim de seus governantes tiranos e de uma parte da sociedade xiita, fanaticamente cega e atrasada tradicionalmente. Aliás, o que diabo é esse talibã, senão uma organização indecente que usa a fé em Maomé, os ensinamentos do Corão para pregar a violência e atos de terrorismos. Inadmissível que pessoas ainda sejam flageladas em praças públicas, por conta de uma mentalidade cultural e tradicional arcaica.
Bom, para quem não sabe, Malala Yusufzai é uma jovem ativista paquistanesa que ganhou notoriedade há três anos, ao desafiar o regime que Osama Bin Laden flertou, defendendo a educação feminina, ou seja, por querer manter vivo o sonho de poder ter acesso ao conhecimento, ser alguém por meio dos estudos, simples assim.
Contudo, para a facção mais radical do islamismo esse desejo que é um direito universal, isso não é permitido, enfim, que as mulheres tenham as mesmas oportunidades e benesses de conhecimento, uma aberração, repito, da era das trevas que ainda persiste em alguns lugares do planeta.


Na última terça-feira (09), no entanto, a jovem ativista foi vítima de um ataque terrorista promovido por talibãs, quando voltava para casa, num transporte escolar, sendo alvejada por vários tiros que atingiram seu ombro e cabeça. O ataque aconteceu no norte do Paquistão, nos arredores de Swat. Para mim, até pela sua coragem, iniciativa e atitude, a guria que virou assim uma espécie de Mahatma Gandhi de saia, já merecia ter escolta militar quando começou a relatar as atrocidades cometidas pelos talibãs paquistaneses, num blog ocidental.
Mas não, as pessoas, as autoridades, os governantes hipócritas, oportunistas e ausentes nas horas erradas, sempre esperam que o pior aconteça para depois agirem quando não é possível fazer mais nada. Resta agora que orações positivas e mensagens de carinho possam fazer com que Malaia Yusufzai seja libertada dos aparelhos que a prende à vontade de viver.
Sinceramente, é deprimente essa situação em alguns países do Oriente Médio, do Sudeste e Sul Asiático, uma coisa que não dá para entender. Assim como a omissão das autoridades internacionais diante do problema que há décadas atingem a região. Afinal, porque pelotas os Estados Unidos, sempre xeretando a integridade de outras nações por interesses próprios, não deram um jeito na guerra civil que devasta a Síria, dizimando milhares de inocentes, crianças inclusive?
O caso da jovem guerreira Malala Yusufzai é só mais um exemplo da omissão daqueles países ditos sérios e civilizados, diante do terror, da barbárie, do atraso humano. Não acredito em deus, mas vou fazer uma oração às forças do bem em prol dessa jovem amante dos livros e do saber.
* Este texto foi escrito ao som de: An other cup (Yusuf Islam – 2006)







 Fourteen-year-old Malala Yousufzai is rushed to a helicopter to be taken to Peshawar for treatment in Mingora, Swat Valley, Pakistan on Tuesday after she was shot by a Taliban gunman.



FERIDA PELOS TALIBÃS


JOVEM PAQUISTANESA FERIDA PELOS TALIBÃS LEVADA PARA GRÃ-BRETANHA


·          



ISLAMABAD, 15 Out 2012 (AFP) -Malala Yusufzai, a adolescente paquistanesa ferida pelos talibãs por sua luta a favor da educação das meninas, foi transportada de avião para a Grã-Bretanha nesta segunda-feira para receber assistência médica, anunciou o Exército de Islamabad.
"O Paquistão organizou em conjunto com os Emirados Árabes Unidos o transporte de Malala por avião médio para a Grã-Bretanha", afirma um comunicado.
A adolescente de 14 anos, famosa pela luta para tornar conhecidas as atrocidades cometidas pelos talibãs, sobreviveu por milagre na terça-feira passada a uma tentativa de assassinato na saída da escola no noroeste do Paquistão.
Malala é conhecida no exterior por seu blog, hospedado no site da BBC, no qual denuncia os atos de violência cometidos pelos talibãs no vale de Swat, onde os extremistas tomaram o poder de 2007 a 2009.
No ano passado, a adolescente recebeu o primeiro Prêmio Nacional da Paz criado pelo governo paquistanês e foi nomeada ao prêmio internacional Crianças para a Paz da fundação Kids Rights.


QUE O SENHOR SALVE ESTA MENINA DE MORRER.


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

MENINA FERIDA POR TERRORISTA ISLÂMICO É LEVADA PARA O REINO UNIDO




Malala Yusufzai, a menina que foi baleada e ferida pelos talebans por defender a educação feminina, foi transferida nesta segunda-feira (15) ao Reino Unido para prosseguir sua recuperação, segundo informou o serviço de comunicação do Exército do Paquistão (ISPR).
O ISPR diz em comunicado que a decisão foi adotada em coordenação com a família da garota, de 14 anos, e que Malala está fora de perigo e se recupera de maneira estável.
A tranferência aconteceu depois que a família real dos Emirados Árabes Unidos (EUA) enviou um avião-ambulância a Islamabad para levar Malala ao estrangeiro a fim de que prosseguisse sua reabilitação.
A menor permanecia hospitalizada em Rawalpindi, ao sul de Islamabad, aonde foi transferida depois que lhe foi extraída uma bala hospedada no pescoço, perto da medula espinhal.
Yousufzai foi baleada na última terça-feira quando saía da escola em que estudava no vale de Swat, no noroeste do Paquistão. Ela recebeu os disparos depois que um homem abriu fogo contra o ônibus escolar em que ia voltar para casa. Na ação, outras duas meninas foram feridas.
Segundo testemunhas, o atirador se aproximou na saída das aulas e perguntou quem era Yousufzai. Uma das crianças questionadas teria mentido e ele atirou nela e na adolescente ativista.
Yousufzai ficou famosa em 2009 quanto, aos 11 anos, começou a denunciar abusos do Taleban, como incêndios em escolas de meninas e morte de opositores no vale de Swat.
Devido ao trabalho, a jovem recebeu prêmios diversos, incluindo o Prêmio Nacional da Paz, a honraria mais elevada do governo do Paquistão.
Reações
O ataque à jovem ativista gerou reações dentro do governo paquistanês e da comunidade internacional lamentando a ação. O chefe das Forças Armadas, Ashfaq Kayani, visitou-a no hospital e condenou o atentado.
“Os covardes que atacaram Malala mostraram mais uma vez como se importam pouco com as vidas humanas e como eles podem ir tão baixo na cruel ambição de impor suas ideologias”.
A embaixadora americana na ONU, Susan Rice, disse que o futuro local depende de meninas como Yousufzai. “A história não lembrará dos covardes que a tentaram matar na escola”, disse.
A ação também foi condenada por ONGs como a Anistia Internacional.
Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.
Fonte: Folha

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

SINTOMAS REVELAM O QUE FALTA NO CORPO





LEIA ATÉ O FIM!!!!


SINTOMAS QUE REVELAM O QUE ESTÁ FALTANDO EM NÓS!!!!!

Veja que interessante... A partir de certa idade, temos quase todos esses sintomas, provocados pela falta dos alimentos aqui mencionados:


1. DIFICULDADE DE PERDER PESO
O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina.
ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão - além de suplementos específicos.

2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS
O QUE ESTÁ FALTANDO: 
na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.
ONDE OBTER: água de coco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro, semente de linhaça e os suplementos.

3. COMPULSÃO A DOCES
O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo.
ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos...

4. CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA
O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio
ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja e água.

5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL
O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos
ONDE OBTER: coalhada, iogurte, missô, Yakult e similares..

6. MEMÓRIA RUIM
O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol.
ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos.

7. HIPOTIREOIDISMO (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE)
O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.

8.. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS
O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno.
ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos.

9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR
O QUE ESTÁ FALTANDO: 
vitaminas A, C, E e ferro.
ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos.

10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS
O QUE ESTÁ FALTANDO: 
Ômega 3 e 6.
ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite

11. DESÂNIMO, APATIA, TRISTEZA, RAIVA, INSATISFAÇÃODEPRESSÃO, VONTADE DE MORRER
O QUE ESTÁ FALTANDO: Dinheiro, meu filho, dinheiro!!!
ONDE OBTER: Se eu soubesse não tinha todos esses sintomas....

Um abraço

Ps.: Por favor, ao encaminhar essa mensagem, coloque seus endereços em CCO e apague o meu e-mail.
Dessa forma, você estará ajudando a combater o spam e evitar o risco que eles representam.

Email mandado meu amigo Gualter Guedes.